Carregando...

Blog

Tatuagem de henna: é seguro deixar a criança fazer uma?

10/10/2018

A tatuagem de henna é bastante comum no Brasil, principalmente no verão. Adultos e crianças adoram experimentar a prática de marcar o corpo temporariamente. Entretanto, é muito importante ficar atento às possíveis reações que a tatuagem de henna pode ocasionar para a saúde da pele. Vamos entender mais sobre o assunto?

Tatuagem de henna: fazer ou não fazer?

A tatuagem de henna é obtida por meio de uma marcação temporária da pele, que permanece no corpo por alguns dias. Quando utilizada a tinta da própria henna, um pigmento castanho-avermelhado que é extraído de uma raíz, a tatuagem tende a não apresentar problemas, salvo em caso específico de alergia.

No entanto, a comercialização frequente e facilitada da prática, leva os artesãos à obter henna negra, aquela que adiciona  outros compostos para encontrar a solução mais rapidamente. A parafenilenodiamina, por exemplo, é uma substância que geralmente se encontra na henna negra. Esse composto está diretamente relacionado a reações alérgicas, muitas vezes de caráter grave, podendo resultar em sequelas. A reação mais comum que se pode apresentar à henna negra adaptada por compostos nocivos à pele é a dermatite de contato.

O que é dermatite de contato?

A dermatite de contato é caracterizada por uma reação inflamatória da pele. Essa manifestação pode ser decorrente da exposição à algum agente que pode ocasionar alergia. A dermatite de contato pode ser irritativa, causada por substâncias ácidas ou alcalinas, que geralmente aparecem no local de contato. Também podem ser alérgica, quando surgem após várias exposições repetidas ao produto ou substância.

Quando pode acontecer a reação alérgica por meio da tatuagem de henna?

A dermatite de contato pode aparecer dias ou imediatamente após a aplicação. A área em que entrou em contato com a tinta costuma ficar avermelhada e geralmente é seguida de coceira intensa.

Também é possível que pequenas bolhas se formem na região afetada, podendo demonstrar um aspecto seco e escamoso. Caso a situação se agrave, pode ser necessária a hospitalização.

Como saber se a henna é confiável?

Caso você decida por fazer uma tatuagem de henna e perceba que a tinta está um pouco escura demais, evite seguir com o procedimento. É importante também questionar ao artesão se a tinta é feita de henna natural ou henna negra. Além disso, perguntar a ele quais são os ingredientes usados para a composição da tintura.

Você mesmo pode verificar a procedência da henna pela tonalidade da tinta. Por exemplo, caso tenha um tom verde-acastanhado ou castanho, provavelmente estará usando a henna natural. Já os tons muito escuros podem ter sido manipulados com outras substâncias nocivas à pele, como a parafenilenodiamina e outras. Desconfie caso o artista não saiba informar.

De qualquer maneira, é importante verificar a procedência da tinta, antes de realizar uma tatuagem de henna. Caso ainda assim a pele da criança demonstrar alguma reação alérgica, procure imediatamente um dermatologista para evitar danos. Quanto mais cedo procurar ajuda médica, maiores as chances de evitar problemas mais sérios à saúde da pele da criança.

Quer saber mais sobre os problemas de pele mais comuns na infância? Baixe nosso ebook  “Guia para os pais: principais doenças de pele na infância: sintomas, tratamento e prevenção”. O download é gratuito.

Voltar