Carregando...

Blog

Criança pode tomar banho com sabonete antisséptico?

27/08/2018

Muitas mães se questionam se o sabonete antisséptico é recomendado para as crianças, no intuito de livrá-las de germes e bactérias. No entanto, no primeiro ano de vida de um bebê, é aconselhável banhos com sabonetes específicos, a fim de obter um maior cuidado com a pele da criança, que ainda é bastante sensível nessa fase inicial.

Sabonete antisséptico em crianças: usar ou não usar?

Os sabonetes antissépticos não são aconselháveis para dar banho na criança. Assim, outros produtos específicos já são indicados, como os sabonetes atóxicos: aqueles que não contém álcool, corantes, desodorantes e outros itens comuns que geralmente, existem em sabonetes para adultos.

A pele do bebê, por ser bastante sensível, acaba sendo irritada com maior facilidade, como é o caso das manchinhas e bolinhas vermelhas que tendem a surgir após o banho. Além disso, o bebê não necessita de muito ensaboamento, como se dá com os sabonetes comuns, que tem a finalidade de dissolver a oleosidade do corpo em adultos.

Os sabonetes antissépticos

Os sabonetes antissépticos são indicados para pessoas que trabalham em locais com alto risco de contaminação, como em hospitais, cozinhas industriais ou ambientes em que seja exigido uma limpeza antisséptica. Algumas doenças de pele também podem sugerir com o seu uso, por isso deve ser indicado por um especialista.

O excesso do uso

No entanto, o uso excessivo desse tipo de sabonete acaba matando tanto as bactérias nocivas, quanto as bactérias neutras, que ajudam no equilíbrio da colonização de bactérias no corpo. Algumas dessas bactérias neutras agem na síntese de vitaminas, no funcionamento do intestino e proteção da pele.

Em caso de lesões, isso também impede que novas bactérias nocivas se instalem novamente, o que evita infecções. Por isso, quanto maior for o uso do sabonete antisséptico, menor a capacidade de defesa do organismo. Além disso, seu uso excessivo destrói o manto lipídico, responsável também pela ação bactericida na pele.

Como fazer a limpeza do bebê?

Para as crianças, geralmente, aconselha-se sabonetes infantis hipoalergênicos ou sabonetes comuns em pequena quantidade. O ideal é que a quantidade e o tipo do sabonete sejam suficientes para a higiene, mas que não destruam as bactérias importantes no combate às alergias e infecções.

 

Além disso, o uso do sabonete na criança só torna-se necessário para o corpo inteiro quando inicia-se a alimentação com sólidos e o engatinhar. Por isso, até esse momento, aconselha-se o uso do sabonete restritamente no bumbum e às dobrinhas ao redor dos braços e pernas.

É fundamental que as crianças estejam sempre limpas e higienizadas, obviamente. Em contrapartida, o excesso de limpeza pode ser prejudicial aos pequenos. Por isso, é fundamental estar atento a uma assepsia consciente com a criança, mas é importante que ela também não esteja livre das bactérias funcionais ao corpo.

Crianças com dermatite

De qualquer maneira, é muito importante consultar o dermatopediatra para saber qual o melhor tipo de produto para a pele do bebê. Em crianças que possuem dermatite, a pele pode apresentar ainda maior sensibilidade aos sabonetes, cremes, loções e outros produtos infantis.

É importante que os pais estejam atentos à pele da criança quando estiver apresentando irritações na pele. Os sintomas para uma dermatite são secura, vermelhidão e descamação de determinadas partes da pele, principalmente no rosto e nas dobras dos cotovelos e joelhos.

Voltar