Carregando...

Doenças
de pele

Estrias

As estrias são bastante comuns no período da adolescência. Esse é um problema dermatológico caracterizado por lesões lineares, que podem ser rosadas ou da cor da pele, apresentando coloração esbranquiçada, quando tardias. As estrias são mais frequentes nas nádegas, coxas, abdômen e costas.

Esse é um problema que acomete crianças e adolescentes em sobrepeso, assim como os jovens que naturalmente crescem rapidamente durante a puberdade. Por isso, ao reparar as estrias de maneira precoce, os resultados tendem a ser bastante satisfatórios.

As estrias são descritas como uma atrofia tegumentar, que surge em decorrência do rompimento das fibras elásticas e colágenas, responsáveis por dar firmeza à pele. Essas cicatrizes na pele podem ser discretas ou de marcação intensa. Sua tendência é iniciar com  crescimento repentino durante a puberdade.

Qual a diferença entre as estrias rosadas e as estrias vermelhas?

Inicialmente, quando as estrias aparecem, surgem como lesões lineares rosadas ou da cor da pele, sendo discretamente elevadas. Entretanto, em sua fase tardia, as estrias se apresentam de maneira esbranquiçada e de largura e espessura variável.

As estrias róseas ou arroxeadas podem apresentar uma leve coceira, assim como caracterizam um processo inflamatório local. No entanto, as estrias mais antigas são mais marcadas e já passaram por uma atrofia mais intensa das fibras colágenas e elásticas, não havendo mais inflamação na região. Além disso, em crianças de pele negra, as estrias podem aparecer com coloração mais escura do que a pele original.

É possível prevenir as estrias?

É importante esclarecer que as estrias podem aparecer mesmo se houver prevenção. No entanto, alguns cuidados podem ser essenciais para que as estrias apareçam em menor intensidade ou mesmo sejam evitadas.

  • passar hidratante após o banho, principalmente com colágeno e vitamina E;
  • utilizar o creme juntamente com massagens pode ser ainda mais eficaz;
  • manter o corpo bem hidratado, com ingestão de pelo menos dois litros de água por dia;
  • evitar oscilações de peso;
  • praticar atividades físicas com moderação;
  • não ingerir gorduras e refrigerantes em excesso;
  • alimentar-se adequadamente, ingerindo quantidades adequadas de frutas e vegetais frescos. A vitamina C, por exemplo, é um antioxidante poderoso na formação de proteínas da pele.

Como é o tratamento das estrias?

Primeiramente, é importante orientar que os resultados dos tratamentos são variáveis. Ou seja, é possível que as estrias apresentem melhoras ou não.

Outro fator importante é que a qualidade do tratamento estará relacionada à fase em que as estrias se encontram. No caso de tratamentos de estrias para os adolescentes, o ideal é que os pais levem os seus filhos ao dermatologista à medida em que verificarem o aparecimento de marca rosadas.

Tem outras dúvidas sobre as estrias?  Em caso de dúvida, entre em contato com nossa equipe e agende uma consulta.

Voltar

Solicitar Consulta

Para solicitar um agendamento de consulta, preencha
o formulário abaixo que logo entraremos em contato.