Carregando...

Blog

Como evitar estrias: dicas para os adolescentes

01/09/2018

Entre as mudanças que ocorrem durante a adolescência, uma dúvida muito recorrente é como evitar estrias. Durante esse período de transição entre a infância e a fase adulta, a produção dos hormônios progesterona e estrogênio se elevam tanto, que torna-se muito comum o rompimento das fibras de colágeno e elastina, o que leva ao aparecimento das estrias.

O surgimento de estrias se dá tanto em meninas, quanto em meninos. A predisposição genética também é um fator de risco para acentuar o seu desenvolvimento. Geralmente, durante a adolescência, nas garotas, aparecem principalmente nos seios, a parte frontal das coxas, na lateral e parte média das costas, panturrilha, bumbum. Nos garotos, as principais regiões acometidas são quadris, braços, costas e ombros.

Saiba como evitar estrias

É importante esclarecer que as estrias podem aparecer mesmo se houver prevenção. No entanto, alguns cuidados podem ser essenciais para que as estrias apareçam em menor intensidade ou mesmo sejam evitadas.

 

  • passar hidratante após o banho, principalmente com colágeno e vitamina E;
  • utilizar o creme juntamente com massagens pode ser ainda mais eficaz;
  • manter o corpo bem hidratado, com ingestão de pelo menos dois litros de água por dia;
  • evitar oscilações de peso;
  • praticar atividades físicas com moderação;
  • não ingerir gorduras e refrigerantes em excesso;
  • alimentar-se adequadamente, ingerindo quantidades adequadas de frutas e vegetais frescos. A vitamina C, por exemplo, é um antioxidante poderoso na formação de proteínas da pele.

O que são estrias, afinal?

As estrias são marcas na pele causadas pela ruptura das fibras elásticas e as fibras de colágeno, localizadas numa camada mais profunda da pele. Por isso, essa cicatriz se inicia com um processo inflamatório, dando origem ao surgimento de linhas avermelhadas.

Assim, a medida que o organismo produz o colágeno mais espesso, a marca se assemelha ainda mais a uma cicatriz mais esbranquiçada. Dessa forma, a melanina, pigmento responsável por dar cor à pele, tende a desaparecer.

 

Curiosidades sobre as estrias

As estrias possuem uma série de características que merecem ser evidenciadas:

 

  • Geralmente, as estrias são formadas por lesões lineares e quase sempre paralelas, podendo variar de um a mais centímetros de espessura;
  • Conforme já dissemos, as estrias se iniciam avermelhadas e tendem a evoluir para uma cor esbranquiçada;
  • Em pessoas de pele morena, as estrias podem ser mais escuras do que a própria cor da pele;
  • A área da pele afetada pela estria possui consistência frouxa;
  • É possível que algumas pessoas desenvolvam estrias com pouca distensão da pele;
  • Dependendo do caso e da saúde da pele, algumas pessoas não desenvolvem estrias nem mesmo no período da gravidez, quando a pele tende a distender-se exageradamente.

Procure um especialista

No caso de já possuir estrias esbranquiçadas, rosadas ou mesmo como medida de prevenção dessas cicatrizes, o ideal é marcar uma consulta com um especialista. Assim, o profissional poderá avaliar as possíveis causas e oferecer o melhor tratamento, adequado para cada caso.

Da mesma maneira, é fundamental marcar um encontro com um dermatopediatra  assim que iniciar a fase da adolescência. Dessa forma, será possível avaliar a saúde da pele e prevenir o aparecimento das estrias, com cremes específicos e orientações do profissional.

Voltar