Blog

Quais manchas podem surgir na pele do bebê?

Por: - Dermatologia pediátrica - CRM/SC 10414 | RQE 5948
Publicado em 19/06/2020

Alguns bebês já nascem com manchinhas brancas, avermelhadas ou escuras na pele, ou estas surgem nos primeiros meses de vida e causam desconforto nos pais. Confira o que podem ser algumas delas e lembre-se de sempre procurar a orientação do seu pediatra e dermatopediatras para avaliação e acompanhamento.

O que é o HEMANGIOMA INFANTIL?

O hemangioma infantil, ou hemangioma da infância é uma marca de nascença ou que aparece até o final do primeiro mês de vida.
É uma lesão avermelhada que na maioria das vezes some com o tempo, então é necessário somente fazer o acompanhamento da lesão.
Alguns hemangiomas podem apresentar ulceração dolorosa, e pode resultar em sangramentos e infecções secundárias. As lesões com maior risco de ulceração são aquelas localizadas em áreas de atrito (área das fraldas, cotovelos, ombro e joelhos), nos lábios, e as lesões de grandes dimensões.
Hemangiomas grandes, que ulceram ou que prejudicam o funcionamento de um órgão deverão ser tratados e acompanhados.

E quando a manchinha é branca na pele? O que é o vitiligo?

O vitiligo é uma doença crônica e autoimune causada pela falta ou diminuição de melanina na pele, caracterizada por manchas brancas espalhadas pelo corpo e rosto, podendo causar perda de pigmentação também no cabelo, cílios ou sobrancelhas. O tratamento pode controlar e desacelerar o aparecimentos das manchas, porém depende da reação do organismo. O surgimento das manchas esbranquiçadas na criança deve ser avaliado por um dermatopediatra.

Manchas avermelhadas e ressecadas, podem ser alergia ou dermatite?

A dermatite de contato é caracterizada por áreas de vermelhidão, ressecamentos, fissuras, e rachaduras na pele, podendo arder e coçar. Ela é causada devido a uma irritação causada por alguma substância que venha tocar a pele. No caso dos bebês, por terem a pele mais fina é mais sensível, pode ser causada por substâncias ou objetos colocados nos bebês como fraldas descartáveis, cosméticos, perfumes, curativos e outros. Caso o bebê apresente esses sintomas, um médico deve ser consultado.

E se a irritação for constante e em vários locais do corpo do bebê?

Pele seca, coceira e feridas com casquinhas? A dermatite atópica é uma doença genética, crônica e não contagiosa. As irritações na pele podem aparecer por conta de contato com materiais ásperos, poeira, detergentes, pólen, o mofo, a ácaros ou a animais; produtos de limpeza em geral, roupas de lã e tecido sintético até variações de temperatura.

Para tratar a dermatite se busca o controle da coceira, reduzir a inflamação da pele e prevenir a recorrência da mesma. A base do tratamento acaba sendo com o uso de hidratantes no combate do ressecamento da pele causador das feridas e manchas avermelhadas.

Procure sempre orientação do seu dermatopediatra no surgimento de qualquer mancha, sinal ou irritação na pele do seu bebê.

Material escrito por:
Dermatologia pediátrica - CRM/SC 10414 | RQE 5948

A Dra. Marice Mello dedica-se à pediatria desde a graduação em medicina na UFSC. A médica é especialista em pediatria, pelo Hospital Infantil Joana de Gusmão, e tem especialização em dermatologia pediátrica, pela UFPR. É membro da Society Pediatric Dermatology, da Sociedade Latino-Americana de Dermatologia Pediátrica e da Sociedade Brasileira de Pediatria.   Ver Lattes

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

Voltar