Carregando...

Blog

O que é uma Mancha Vinho do Porto?

14/11/2017

A mancha vinho do porto é um tipo de marca de nascimento formada pela dilatação de pequenos vasos na pele. É também chamada de malformação capilar porque surge devido a formação incorreta de alguns vasos sanguíneos. É uma lesão plana, que não cresce rapidamente e também não desaparece.

Esse tipo de mancha, na maioria dos casos, está presente desde o nascimento. Sua coloração pode variar entre o vermelho claro, vermelho escuro e arroxeado.

A mancha vinho do porto pode aparecer em qualquer parte do corpo, mas é mais comum na testa, nariz, bochechas e queixo. Geralmente, cresce proporcionalmente ao desenvolvimento da criança.

Quando surge nos braços e nas pernas, a marca pode ter um crescimento exagerado devido ao desenvolvimento dos tecidos e ossos, devendo sempre ser acompanhada por um médico.

Em algumas crianças, a mancha vinho do porto pode estar relacionada a problemas no cérebro ou na visão. Isto ocorre em uma Síndrome chamada Sturge-Weber, uma doença muito rara e que pode provocar convulsões muito graves.

Com o passar dos anos, pode ficar mais escura ou arroxeada e a pele no local da mancha pode se tornar mais espessa.

Por que a mancha vinho do porto aparece?

Nos últimos anos, uma importante descoberta foi feita sobre a origem das manchas vinho do porto: na maioria das crianças, a causa é uma pequena alteração genética, que ocorre espontaneamente, ou seja, não é herdada dos pais!

Também não há como prevenir o desenvolvimento desse tipo de marca. Nem é possível prever que a criança nascerá com ela durante a gestação.

Como é feito o tratamento?

O tratamento das manchas vinho do porto é feito com laser para ajudar a clarear a lesão e evitar que o local fique espesso com o passar dos anos.

São necessárias, em média, de quatro a oito sessões de laser. O intervalo entre elas deve ser de dois meses. Dependendo do caso, cada sessão dura cerca de 10 minutos.

Alguns especialistas acreditam que quanto antes a criança inicia o tratamento, melhor o resultado. As manchas da face e pescoço respondem melhor à técnica do que as localizadas nos braços e pernas.

Porém, cada pessoa reage de uma forma ao tratamento. A maioria consegue clarear bem a lesão. Apenas uma pequena porcentagem consegue eliminar totalmente a mancha com o uso do laser.

Conforme a idade em que a criança é submetida às sessões com laser, é possível que ela precise realizá-las mais vezes à medida que se desenvolve.

Algumas pessoas confundem a mancha vinho do porto com um hemangioma. Os problemas são semelhantes, no entanto, tem evolução e tratamentos diferentes.

Voltar